quinta-feira, maio 22, 2008

Equação



Cidadão Quem
Iguais


Todos iguais
Brasileiros nada mais
Tanto calor
Entre cores desiguais
E quase sempre desigual
É o que parece ser
Apesar do riso solto
De quem menos pode ter
Mas Sai pra agradecer
Cada dia a benção de viver
E vai, vai levando a vida...aaaaa

Do Pelourinho ao Partenon
Eu digo, eu vou
Da Liberdade até o Leblon
Eu digo, eu vou

E quase sempre desigual
É o que parece ser
Apesar do riso solto
De quem menos pode ter
Mas Sai pra agradecer
Cada dia a benção de viver
E vai, vai levando a vida...

Downmusic: Clickhere!